Home » Diamantes

Seis perguntas que todo mundo faz sobre diamantes

7 outubro 2009 13 Comentários Por Roberta Rossetto

1. Por que um diamante pequeno pode custar mais do que um grande?
Para se avaliar um diamante, quatro itens são levados em conta: a cor, a pureza, a lapidação e o peso. Há graduações e escalas de padrões internacionais para esses quatro itens.  Cruzando-os, os especialistas chegam ao valor de cada uma das pedras colocadas à venda. Assim, um diamante pequeno excepcionalmente incolor (branco) pode custar mais que um diamante grande, de tom marrom.

2. Por que o tamanho de um diamante é dado em quilates ou em pontos? Qual a diferença?
Um quilate equivale a 200 miligramas, o que na prática significa que estamos falando de uma pedra grande, difícil de ser encontrada na natureza. Para facilitar a vida, foi criado um sistema de medição em pontos, que subdivide o quilate. Um ponto equivale a 0,01 quilate. Assim, dá para medir pedras miudinhas. O problema é que as pessoas misturam os dois termos e você ouve, com freqüência, alguém dizer que ganhou um anel de noivado de 5 quilates, em vez de dizer “cinco pontos de quilate”. É uma diferença e tanto, claro, pois um diamante de cinco quilates equivale a uma pedra de mais ou menos 11 milímetros de diâmetro, um diamantão portanto. Enquanto um anel de cinco pontos de quilate equivalem a 1,5 milímetro.  

3. Um diamante rosa é mais caro do que um diamante branco?
Depende. Depende dos quatro itens mencionados acima: cor, pureza, lapidação e peso.  Como os diamantes cor-de-rosa são bem mais raros do que os brancos, é provável que eles sejam mais caros, mas isso não é regra. Rosa, amarelo, azul, verde, vermelho e violeta são cores raras entre os diamantes.

4. Um diamante é para sempre?
O diamante é a pedra mais dura que conhecemos. Só pode ser riscada por um outro diamante. Mas isso não significa que não possam se quebrar. Diamantes quebram, sim. Tome cuidado com o seu!

5. Como saber se um diamante é falso ou verdadeiro?
A resposta só pode ser dada por um laboratório. Hoje em dia, diamantes artificiais, feitos pelo homem, são tão perfeitos que é impossível perceber a diferença a olho nu. Por isso, só compre diamantes em joalherias de confiança, que trabalham com garantia. Fuja das sacoleiras! Elas podem ser bem intencionadas e de confiança. Mas compram peças para revenda em feiras de joias e podem muito bem estar comprando gato por lebre!

6. O correto é dizer brilhante ou diamante?
As duas formas estão corretas, o significado é que é diferente. Diamante é a pedra. Brilhante é um tipo de lapidação, em formato redondo, do diamante. É a lapidação mais conhecida e a que produz melhor efeito luminoso.

Brilhante e Princess

Lapidação Brilhante (redonda) ou Princess (quadrada). A pedra: diamante, sempre.

  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • FriendFeed
  • MySpace
  • Plaxo Pulse
  • Google Bookmarks
  • Yahoo Buzz
  • Windows Live Favorites
  • Delicious
  • Digg
  • Share/Bookmark

13 Comentários »

  • Felipe disse:

    Parabéns pelo texto! mt bem explicado!

  • Euclides César Saraiva Passos disse:

    Quando os mandatários do planeta se debruçarem na leitura desse texto verão o quanto é forte a natureza que sabe conciliar elementos para formar uma estrutura sólida capaz de ser desejada por todos. Na soma da capacidade de cada um poderá ser encontrada a fórmula para solucionar os nossos problemas…

  • Liliana disse:

    Excelente a explicação. Parabéns!

  • AdoroJoias disse:

    Muito obrigada, Liliana! Beijos!

  • Tânia Glessi Prado disse:

    Fantástica a explicação ,muito elucidativa obrigada

  • Neide Guimarães disse:

    Essa é mais uma prova da existência de um ser supremo, Deus.

  • Aderson filho disse:

    Tenho um brilhante de 6.5 quilates letra m- n vvss1lapidaçao brilhante perfeito. Vc tem noção. Qual é o valor?

  • AdoroJoias disse:

    Olá, Anderson. Não fazemos avaliações de pedras. Sugerimos procurar um gemólogo de confiança ou uma associação de credibilidade, como o Instituto Brasileiro de Gemas e Metais.

  • Vera Lucia disse:

    Valeu a explicação, pois me confudia muito em relação a brilhante e diamante, porem agora sei que diamante é a pedra e brilhante o formato do corte ou seja a lapidação e muito mais brilhante. Obrigada e fica com Deus.

  • Marilu D'Alessio disse:

    Embora nunca venha a ter um,fiquei feliz em aprender sobre os diamantes,não sabia que brilhante era lapidação, que existiam outras cores de diamantes, nem que quebravam! parabéns pela objetividade

  • Zenaide Peres da Silva disse:

    Eu, Zenaide, quando jovem, trabalhei em uma fabrica, de vidros e cristais. Vem dai, meu amor por lapidação!
    Como gostaria de voltar no tempo! Trabalharia com Pedras Preciosas,
    sem dúvida! Claro com lapidação! AAAAMMOOOO!!!!
    Obrigada! Senhores LAPIDÁRIOS, Parabéns pelo belo trabalho!!

  • luciano disse:

    Gostaria de uma ajuda pois achei uma pedra com todas as características de um diamante. Fiz teste do espelho e riscou sem esforço, peguei uma lixa e ele não arranhou. Gostaria que alguem me ajudasse a identificá-lo. Muito obrigado

  • AdoroJoias disse:

    Olá Luciano, tudo bem? Para saber se a pedra encontrada é um diamante, sugerimos levá-la até um ourives de confiança, para que ele possa fazer uma avaliação. Abraços!

Deixe seu comentário!

Adicione o seu comentário abaixo, ou link o artigo em seu site. Você também pode acompanhar os comentários subscribe to these comments via RSS.

Para ter uma imagem personalizada em seus comentários clique aqui.