Home » Alianças & casamento

União, companheirismo, fidelidade, família, amor, força. Quanto significado numa única joia!

23 outubro 2009 4 Comentários Por Christian Hallot

Fui convidado a escrever sobre as alianças de casamento e estou feliz por isso, pois é um  assunto que gosto muito e que defendo ferrenhamente. Afinal, a aliança é, na maioria dos casos, a primeira joia comprada por um casal. Este pequeno anel de ouro irá acompanhá-lo por toda a vida e deve ser escolhido com amor (claro), mas também, com critério, pois essa será a joia mais inseparável após dizer o “Sim”. Por isso, é bom responder 3 perguntas antes de comprá-la:

1) O que gosto hoje e gostarei no futuro: tradicional ou moderno? ouro amarelo ou branco? larga ou estreita? fosca ou polida? abaolada ou plana? feminina diferente da masculina?
Saber o que se quer é o primeiro passo para começar a acertar. O conselho é viver o momento presente, mas com um olho bem aberto para o futuro. Hoje você pode ser fã de baladas e das coisas modernas. Mas amanhã pode seguir uma carreira tradicional e achar que aquela aliança moderninha já não tem mais nada a ver com você.  Aliança é como uma tatuagem: supostamente indelével. Portanto, escolha uma que possa ficar em sua mão para sempre.  

2) Preço ou durabilidade?
Sem dúvida a segunda, afinal é a joia da vida toda, 24 horas por dia. Por este motivo, devemos escolher uma joia resistente, que tenha controle rígido de qualidade e garantia. Escolher por preço é uma temeridade, principalmente algo de tanto valor emocional.  Na verdade, há uma grande diferença entre preço e valor: Preço é apenas cifrão, valor é durabilidade, segurança e garantia. Devemos exigir isto.

3) Escolho entre conforto ou forma/design?
Claro que o melhor é ter as duas coisas numa única aliança. A maioria das pessoas escolhe pelo design, mas o conforto tem que falar mais alto. Você tem que colocar no dedo e depois de algum tempo, não  sentir mais. O melhor teste é passar pelo noivado, pois a maioria das pessoas é destra e usa a mão direita para tudo (abrir portas, carregar malas, jogar tênis etc). Se a aliança for confortável na mão direita, garanto que você nem a sentirá depois de casar.  Verifique o interior da aliança e veja se não existe nenhum canto vivo que venha a cortar os dedos. 

Algo que devemos ter em mente é que a aliança, por ser feita em metais nobres e mais maleáveis, com o uso diário irá se arranhar. Isto é totalmente normal e até mesmo apreciado pelos mais experientes. Devemos evitar polir as alianças, pois em menos de uma semana de uso, ela estará arranhada de novo. Sugiro fazê-lo apenas uma semana antes do casamento. Afinal, quanto mais arranhada, mais você mostra que “está muito bem acompanhado(a) há tempos!”.

Modelos com design diferenciado:
aliançaArtwork OB cópia        alianças7 cópia.alta cópia

Modelos tradicionais, planas (esq.) e abauladas (dir.):

alianças21 cópiaalianças3 cópia

Modelos clássicos, com ouro branco e ouro amarelo (esq. e dir.) ou só de ouro amarelo (centro):
alianças2 cópiaGreta OA cópiaalianças5 cópia

Modelos com aliança feminina diferente da masculina:
alianças19 cópiaalianças13 cópia

  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • FriendFeed
  • MySpace
  • Plaxo Pulse
  • Google Bookmarks
  • Yahoo Buzz
  • Windows Live Favorites
  • Delicious
  • Digg
  • Share/Bookmark

4 Comentários »

  • Marília disse:

    Olá! Gostei muito do artigo e queria aproveitar para tirar uma dúvida. eu e meu noivo optamos por uma aliança quadrada e escovada, da marca Brüner, e com uma semana de uso a minha já estava muito arranhada, bem mais do que a do meu noivo, que, por ser homem deveria ser bem mais desleixado (rs). Estava a parte posterior inteira muito riscada, e com dois arranhões grandes. Aí fiquei bem triste e mandei refazer o escovado pra tirar os arranhões e tomar mais cuidado a partir de então. Quando recebi novamente, tive muito cuidado, retirando pra tomar banho, dormir, etc, e com dois dias lá estavam todos os arranhões de volta. Daí pergunto: será que a aliança por ser escovada é mais fácil de riscar e os riscos ficam mais evidentes? Se eu mandar polir inteira os futuros arranhões ficariam mais discretos? E o fato de eu ter mandado refazer o escovado pode ter “enfraquecido” a aliança e de alguma forma influenciado para esses arranhões aparecerem repetinamente? Adoraria uma resposta, pois estou com muito desgosto da minha aliança… me achando desleixada e irresponsável. Obrigada!

  • AdoroJoias disse:

    Oi Marília! Se existe uma joia que sempre irá arranhar é a aliança de noivado/casamento, pois elas são feitas para serem usadas diariamente até que a morte os separe.
    Polidas ou foscas, elas irão arranhar de qualquer forma, talvez apareça um pouco mais na fosca…
    Coisas simples como abrir uma porta, conduzir um automóvel passando as marchas ou carregar uma mala, irão deixar marcas, principalmente porque a maioria de nós é destra e a aliança no período de noivado é usada na mão direita.
    Porém, ao contrário do que se pensa, alianças arranhadas tem mais “charme” do que as que estão totalmente lisas com a cara de nunca foi usada…. Isto é prova que seu amor pelo seu noivo não é de agora e que está durando… Ponto para você.
    Alianças não devem ser polidas. Abrimos uma exceção quando, na véspera do casamento, gravamos a data damos um polimento para que no dia “D” tudo esteja brilhando. Mas depois, por favor não abuse de polimentos , pois, querendo ou não, a cada polimento, retira-se uma ínfima camada de ouro e, no final, acaba comprometendo a estrutura da aliança.
    Um abraço!

  • Fabiane disse:

    Bom dia, estou escolhendo as alinças de casamento, porém eu e meu namorado não gostamos exatamente do mesmo modelo, eu quero uma fosca de 4mm com friso central e zirconia, já ele quer a convencional, apenas polida 4mm, as duas com 4g de ouro 18k. visualmente falando ficou bem diferente uma da outra, mas eu não queria abrir mão deste modelo, afinal é o que eu sempre quis usar, e ele não quer fosca com friso, ele acha que fica meio feminino, então eis a quetão, é errado usarmos modelo tão diferentes um do outro, fica muito estranho ou ridículo?? Por favor me dê a sua opinião pq a decisão tá difícil, nenhum dos dois quer abrir mão do modelo sonhado. Abraços!!

  • AdoroJoias disse:

    Olá, Fabiane. Não tem problema. Se você e o seu noivo gostam de modelos diferentes, podem usar cada um a sua aliança favorita. O importante é que a decisão seja tomada em conjunto, levando em conta o sentimento de união que liga os noivos.

Deixe seu comentário!

Adicione o seu comentário abaixo, ou link o artigo em seu site. Você também pode acompanhar os comentários subscribe to these comments via RSS.

Para ter uma imagem personalizada em seus comentários clique aqui.